Páginas

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Câmara de vereadores vota passagem a R$ 1,50 dia 29.

    A Câmara de Vereadores de São Gonçalo vota em regime de urgência a proposta do executivo que altera a Lei 425/2012, criada no final do governo Panisset, que dá exclusividade ao consórcio São Gonçalo (composto pelas empresas de ônibus) de explorar o transporte público no município. A alteração, caso seja aprovada, cria o transporte complementar com a tarifa social de R$ 1,50 promessa de campanha do prefeito Neilton Mulim (PR) quando foi candidato.

    Os trabalhadores do transporte complementar foram proibidos de explorar o serviço na cidade, porque o consócio São Gonçalo entrou na justiça exigindo o cumprimento da Lei 425/2012, agora está nas mãos dos vereadores, se fica tudo do jeito que está, ou se as vans voltam as ruas com as passagens mais baratas, e a promessa é que centenas de pessoas acompanhem a votação que acontecerá nesta quarta-feira (29/07/2015) ás 15h, nas redes sociais está acontecendo um grande movimento chamando a população para estar presente a votação, resta saber se do outro lado (o das empresas de ônibus) não haverá pressão nos bastidores...


Imagens: Reprodução/ Facebook.





quinta-feira, 23 de julho de 2015

Prefeito inaugura academia da saúde em Guaxindiba.

    O prefeito de São Gonçalo, Neilton Mulim (PR) inaugurou na tarde da última terça-feia (21/07), a segunda academia de saúde do município, a primeira foi inaugurada há 12 dias no bairro de Santa Luzia, dessa vez, o bairro contemplado foi Guaxindiba.

    As academias de saúde fazem parte de um projeto lançado em 2011 pelo Governo Federal, que visa promover a educação em saúde através de espaços públicos com infraestrutura e profissionais qualificados, que oferecem a aos frequentadores a oportunidade de praticar exercícios físicos gratuitamente com acompanhamento. Estão previstas mais 5 academias da saúde em São Gonçalo, nos bairros: Laranjal, Santa Izabel, Monjolos, Boaçú e Luiz Caçador. 



Fotos: Sandro Nascimento.

quinta-feira, 9 de julho de 2015

São Gonçalo perde o Coronel Salema para Niterói.

    A pressão era grande, e mais uma vez São Gonçalo foi preterida frente a cidade sorriso. Como em muitos outros capítulos da história das duas cidades, os gonçalenses mais uma vez saíram perdendo para Niterói. Não era a Região Oceânica, retirada de São Gonçalo pelo decreto nº 1056 de 1943 pelo governador Ernâni do Amaral Peixoto que passou as terras do 6º distrito gonçalense (Itaipú) para Niterói, não foi mais um golpe que rebaixou São Gonçalo a categoria de vila, quando esta já era cidade e a reincorporou a cidade vizinha, fato ocorrido diversas vezes, a última delas bem depois da emancipação de 1890, já no ano de 1923, sendo restaurado a condição de município somente em 1929, não era o velho e velado aproveitamento do mercado consumidor e da mão de obra de São Gonçalo para a manutenção do desenvolvimento niteroiense, mas era a esperança de uma cidade mais segura, que viu o 7º Batalhão da Polícia Militar, após um período sombrio, onde muitos acontecimentos ruins mancharam sua imagem, ressurgir das cinzas, e mesmo com um efetivo muito aquém do necessário para esta grande e esquecida cidade de mais de 1 milhão de habitantes, estava no topo da redução do índices de violência no estado.

    O Coronel Fernando Salema Garção Ribeiro está deixando o comando do 7º BPM, ele fez história! Devolveu a dignidade do batalhão, entrega a unidade com uma tropa reanimada, com instalações totalmente reformadas e deixa saudades no seio da sociedade gonçalense, a qual conquistou com muito trabalho e dedicação. Em seu lugar assume o Tenente Coronel Almyr Cabral Mendonça, que estava comandando o 3º Comando de Policiamento de Área (3º CPA). Obrigado por tudo o que fez pelo povo de bem de São Gonçalo Coronel Salema! E que seja assim também em Niterói! Sucesso ao Tenente Coronel Almyr Cabral Mendonça que assume o comando do 7º BPM, e que ele faça também um belo trabalho em nossa cidade!

_____________________________________________________________________

Reprodução do Boletim PM nº 121 de 08 de julho de 2015.


Coronel Salema.
Foto: Jornal "O São Gonçalo".


terça-feira, 7 de julho de 2015

Obra inacabada causa transtornos no Porto do Rosa.

    Tiago Henrique, morador da rua João Mancias Alves no bairro Porto do Rosa em São Gonçalo, procurou o editor do "Made in Gonça", Betinho Carvalho, e relatou que a cerca de 45 dias uma equipe da Prefeitura de São Gonçalo esteve na sua rua, abriu uma vala onde foram retiradas as antigas manilhas de esgoto que estavam entupidas e depositaram as novas manilhas ao lado da vala, o problema é que desde então ninguém voltou mais ao local e a vala aberta, tornou-se um grande problema para os moradores, que não estão podendo sequer sair de suas casas, além disso, toda vez que chove a rua alaga e o esgoto invade as casas trazendo o risco de doenças como a leptospirose e a hepatite A.

    Após tomar conhecimento do problema, Betinho foi até o local e gravou um vídeo mostrando a situação em que se encontra a rua e as manilhas deixadas pela prefeitura, que já estão quebrando antes mesmo de serem utilizadas. Ao final, Betinho fez um apelo para o prefeito Neilton Mulim, para o secretário de Infraestrutura e Urbanismo, Francisco Rangel e para os 27 vereadores, para que seja tomada uma providência a fim de resolver a questão. Veja o vídeo gravado no último domingo (05/07/2015):



quarta-feira, 1 de julho de 2015

Guarda Municipal recebe novas viaturas em SG.

    A Guarda Municipal de São Gonçalo está recebendo novas viaturas, que foram doadas pelo Governo federal através do Programa "Crack, é possível vencer", os primeiros veículos recebidos foram seis voyages, que ficaram expostos ontem, em frente a prefeitura, porém, o município ainda aguarda mais seis motos e três micro-ônibus, todos eles seguem o padrão definido pela Lei 13.022 Art. 21 Cap. XI, sancionada pela presidente, Dilma Roussef, em agosto do ano passado, que prevê a padronização dos equipamentos e fardas das Guardas Municipais na cor azul. Os municípios tem até 2016 para se adequarem a lei, que é conhecida como Estatuto Geral das Guardas Municipais. Todos os seis veículos recebidos até agora pela Guarda Municipal de São Gonçalo são completos de fábrica.

Foto: Sandro Nascimento.

Receba em seu e-mail as atualizações do Made in Gonça.