Páginas

segunda-feira, 30 de março de 2015

Prefeito promete teatro municipal para São Gonçalo.

    O prefeito de São Gonçalo, Neilton Mulim (PR) prometeu construir o tão sonhado teatro municipal gonçalense. O anúncio foi feito ontem (29/03), durante a reinauguração da lona cultural, Lídia Maria da Silva, localizada na praça Walfrido Rocha, no Jardim Catarina, em frente ao Posto de Policiamento Comunitário - PPC do bairro.

    Neilton disse que no mês que vem será feito o processo licitatório para a construção do teatro municipal de São Gonçalo, argumentando que o município tem uma população superior a de 14 capitais de estados, e que muitas cidades menores possuem teatro, logo, os gonçalenses merecem ter um. O Made in Gonça torçe para que de fato o teatro municipal se torne realidade e que seja um espaço que atenda a demanda dos artistas e de toda a população gonçalense, um espaço moderno, confortável e bonito. Vamos aguardar!

Lona Cultural do Jardim Catarina foi reinaugurada neste domingo (29/03) após passar por reforma.
Foto: Divulgação/ PMSG.

domingo, 15 de março de 2015

Costazul SG abre as portas em 15 de abril.

    A primeira unidade do hipermercado Costazul em São Gonçalo será inaugurada no dia 15 de abril, funcionários trabalham para finalizar o empreendimento que somente na fase de construção gerou cerca de 200 empregos diretos. O blog "Made in Gonça", que foi o primeiro veículo de comunicação da cidade a anunciar o empreendimento (ver postagem), voltou ao bairro de Vista Alegre e registrou a foto da placa que já indica a data de inauguração em frente o canteiro de obras.

    Após inaugurado o Costazul São Gonçalo deve gerar pelo menos 300 empregos diretos, e será uma opção para os moradores de bairros como: Vista Alegre, Santa Luzia, Jardim Catarina, Monjolos, Marambaia, Apollo, Guaxindiba e algumas localidades de Itaboraí que desejam fugir do trânsito de Alcântara ao realizar suas compras. Resta saber se a Prefeitura de São Gonçalo fará o dever de casa, pavimentando o trecho da Avenida Presidente Roosevelt, que fica paralela a RJ-104 e até agora é só poeira e mato, e facilitar a vida dos consumidores do novo atacadista gonçalense. Seja bem vindo Costazul!

Foto: Betinho Carvalho.

sábado, 14 de março de 2015

Gonçalense estréia com vitória maiúscula na série "B".

    O Gonçalense F.C. entrou em campo na tarde deste sábado (14/03), no estádio municipal Alziro de Almeida (Alzirão) em Itaboraí, em partida válida pela primeira rodada da série "B" do Campeonato Carioca de Futebol de 2015. A partida começou disputada, mas o placar permaneceu inalterado durante primeiro tempo, após o intervalo, o Gonçalense voltou impondo o seu ritmo de jogo e logo aos 2 minutos o atacante Sabão carimbou a trave do goleiro Espíndula do Olaria, em chute de longa distância, aos 15 minutos, o meia Giovanni, que havia acabado de substituir Gilmax, recebeu belo passe de Sabão, abrindo o marcador para o tricolor do Jardim Catarina.

    O Olaria sentiu o golpe e três minutos depois sofreu o segundo gol, num bom lançamento do goleiro Júlio para Sabão, que fez fila na defesa da equipe Carioca, Gonçalense 2 X 0 Olaria, levando ao delírio a torcida gonçalense que compareceu em bom número para apoiar a equipe, mas o tricolor metropolitano queria mais e logo após o segundo gol, aos 20 minutos, Sabão recebeu passe de Bernardo e deu números finais a partida, Gonçalense 3 X 0 Olaria, o time de São Gonçalo passou a valorizar a posse de bola e a torcida fez coro de olé, olé, olé... A nota triste fica por conta do princípio de tumulto, aos 33 minutos do segundo tempo, quando o jogo já estava definido, a pequena torcida do Olaria começou a provocar a torcida do Gonçalense, que partiu para cima da torcida adversária, sendo logo contida pela Polícia Militar, que evitou um mal maior.

    Escalações: 

Gonçalense: Júlio, Thiaguinho, Alemão, Rodrigão e Ricardo; Dyeguinho, Pedrinho e Gilmax (Giovanni 12'/2ºT); Bernardo, Sabão (Sales 30'/2ºT) e Raí (João 27'/2ºT). Técnico: Emanoel Sacramento.

Olaria: Espíndula, China (Kevin 21'/2ºT), Anderson do Ó (Josiel 21'/2ºT), Vandinho e Gabriel; Igor, Jougle, André Gomes e Nélio; Lipe (Markinho 14'/2º T) e Rômulo. Técnico: Antonio Carlos Roy.

Cartões amarelos:

André Gomes e Nélio (Olaria).

Gols:

Giovanni 15'/2º T (1 X 0), Sabão 18'/2º T (2 X 0), Sabão 20'/2º T (3 X 0).

Público: 180 pagantes.

Renda: R$ 1700,00.

    O Gonçalense é o líder da competição ao lado da Portuguesa/RJ, que venceu o Mangaratibense também por 3 X 0. Na próxima quarta-feira, (18/03), o Gonçalense enfrenta a equipe do Barra da Tijuca, ás 15:30h no estádio Moça Bonita, em Bangu, zona Oeste do Rio. Parabéns Gonçalense F.C. Orgulho de todos os gonçalenses!

Filmagem: Betinho Carvalho.

Jogadores do Gonçalense agradecem a festa de sua torcida.
Foto: Betinho Carvalho.

Torcida lotou as arquibancadas do Alzirão.
Foto: Betinho Carvalho.

O editor do "Made in Gonça", Betinho Carvalho, sua esposa Lorena e sua filha Roberta numa "selfie".


quinta-feira, 12 de março de 2015

Gonçalense estréia sábado na série "B" contra o Olaria.

    No próximo sábado (14/03), ás 15:30h, o Gonçalense Futebol Clube fará sua estréia na série "B" do Campeonato Carioca de Futebol, o adversário é o Olaria, tradicional equipe do subúrbio carioca. O local do jogo será o estádio municipal Alziro de Almeida, o Alzirão, em Itaboraí, que possui capacidade para receber até 4 mil torcedores.

    Os ingressos para a partida podem ser adquiridos na bilheteria do estádio e custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). Nas redes sociais, torcedores e o capitão do gonçalense, o lateral Thiaguinho, convocam a torcida para lotar o Alzirão e ajudar o tricolor metropolitano a conquistar os três pontos. O endereço do Alzirão é: Av. Vereador Hermínio de Moraes S/Nº Centro de Itaboraí (em frente ao 35º BPM).

Promessa de casa cheia para a estréia do Gonçalense na série "B" Carioca.
Foto: Divulgação/ Gonçalense F.C.


segunda-feira, 9 de março de 2015

Começa amanhã o 1º salão do livro de São Gonçalo.

     Nesta terça-feira, (10/03) será aberto o 1º Salão Municipal do Livro de São Gonçalo, evento literário que será realizado na I9 music, no bairro Camarão, com início previsto para ás 15h. Neste primeiro dia da feira, a escritora Thalita Rebouças, que escreve para o público adolescente, sendo a escritora brasileira que mais vende publicações para este segmento, vai ler, ás 16:30h trechos do seu livro "360 dias de sucesso". Das 17:30h ás 18h haverá sessão de fotos e autógrafos com a escritora.

    Poetas gonçalenses como: Rodrigo Santos, Romulo Narducci, Matheus Goudar e Carlos Eduardo Vitorino vão se apresentar por 40 minutos, com o tema: "A nova poesia gonçalense - Uma noite na taverna e Coletivo ágora urbana".

    Diversos contadores de histórias vão apresentar grandes obras da nossa literatura, poesias serão recitadas e stands de livrarias vão expor as novidades do mercado literário. Toda a atividade está sendo custeada pelas editoras, o espaço é oferecido pela Secretaria Municipal de Educação e o material dos stands foram fornecidos pela Secretaria de Cultura.

    No dia 11/03, a atração principal será o escritor, Zuenir Ventura, que vai recepcionar os participantes ás 11hs; no dia 12/03, último dia de feira, o cartunista, Maurício de Souza, criador dos personagens da "Turma da Mônica", se apresenta ás 13:30h. O encerramento do evento ficará por conta da Orquestra Municipal, comandada pelo maestro Paulo Guarany.

    Os alunos do ensino fundamental das escolas municipais terão direito a 100 gonçalinhos (moeda criada especificamente para o evento) cada, para adquirir livros na feira, os do 2º segmento 200 gonçalinhos, os professores 300, os diretores, orientadores pedagógicos e mediadores de leitura, 600 gonçalinhos para adquirem livros para as unidades escolares. Ao todo R$ 700 mil em "gonçalinhos" serão distribuídos. Então não perca o 1º Salão Municipal de Livros de São Gonçalo!

Imagem: Divulgação/ PMSG.

A escritora Thalita Rebouças estará presente ao 1º dia do Salão.
Foto: Divulgação/ Bárbara Raso.

segunda-feira, 2 de março de 2015

Saúde sucateada de SG é mostrada no Fantástico.

    Ontem (01/03), mais uma vez São Gonçalo apareceu no Fantástico, e infelizmente o que se viu na reportagem não é nenhum motivo de orgulho para os mais de um milhão de habitantes dessa grande cidade, onde os governos insistem e tratá-la com se fosse uma pequena cidadezinha do interior. A equipe de repórteres do programa denunciou o estado de abandono dos postos de saúde Brasil a fora, e o primeiro "mau exemplo" mostrado vinha daqui, onde o Posto de Atendimento Médico - PAM do Coelho, localizado na rua Cândido Reis nº 98 - Coelho, sob responsabilidade da Prefeitura de São Gonçalo, teve seus problemas evidenciados na matéria, sendo chamado de "Posto não tem", não havia placa que identificasse a unidade de saúde, também não havia raio-X, enfermeiras, sala de medicação, seringas, e o mais absurdo, não havia sequer água, e alguns pacientes que se arriscavam ser "mau atendidos" no local, levavam água de casa para beber.

    "Parece uma casa abandonada, ninguém diz que isso aqui é um posto de saúde". Relatou uma paciente que esperava "atendimento". "Aqui tem caracterização de um pós-guerra. Parece que jogaram uma bomba e as pessoas retiraram e nós entramos para trabalhar". Revelou uma médica que trabalha na unidade.

    A equipe do Fantástico se limitou a falar do abandono do PAM Coelho, talvez por ter que mostrar muitas unidades em estado precário em outras cidades brasileiras, mas o caos na saúde gonçalense vai muito além do PAM Coelho, o PAM de Neves também encontra-se em péssimo estado de conservação, com obras inacabadas, buracos no teto e na parede e móveis quebrados, justo numa unidade que é responsável por realizar testes de HIV, o que falar do atraso nas construções das Unidades de Pronto Atendimento - UPAs de Nova Cidade e do Pacheco, e da Policlínica do bairro Vila Três, que teve sua construção iniciada na gestão da ex-prefeita Aparecida Panisset (PDT) e até hoje não foi concluída. Mas o caso mais alarmante vem do bairro Arsenal, onde o Serviço de Pronto Atendimento - SPA, que funcionava as margens da RJ-104, simplesmente foi fechado em 2010, ainda na gestão Panisset e nestes cinco anos de abandono, vem sendo alvo de inúmeras promessas de reabertura que até o presente momento ficaram apenas no papel.  Enquanto temos unidades em obras que se arrastam por anos, outras sem nenhuma condição de atendimento permanecem funcionando de forma precária, em meio a tanto descaso, o povo gonçalense se pergunta: não seria melhor fazer funcionar adequadamente as unidades já existentes? Não seria melhor realizar concurso público para a saúde do que inaugurar novas unidades sem estrutura? Não podemos deixar de citar ainda os baixos salários desses servidores públicos, um desestímulo para médicos, enfermeiros, técnicos, auxiliares, dentre outros profissionais.

    Por meio de nota, a assessoria de comunicação da Prefeitura de São Gonçalo limitou-se a dizer que o que não tem no PAM Coelho é encontrado em outras unidades de saúde do município. Veja AQUI a reportagem do Fantástico sobre as péssimas condições dos postos de saúde no Brasil.

Serviço de Pronto Atendimento do Arsenal fechado em 2010 encontra-se abandonado.
Foto: Severino Silva/ Agência O Dia.

Receba em seu e-mail as atualizações do Made in Gonça.